Lesões nos bovinos geram prejuízo à atividade pecuária

Home / Blog / Lesões nos bovinos geram prejuízo à atividade pecuária

Lesões nos bovinos geram prejuízo à atividade pecuária

Descartes ocasionados por manejo inadequado interferem na receita das fazendas

Uma das principais tarefas dos gestores de uma propriedade pecuária é otimizar os custos da atividade, dessa forma criando mecanismos para que todos os recursos envolvidos sejam utilizados de forma racional e com baixa incidência de desperdícios. Lesões podem ser causadas em todas as etapas do processo de produção, desde o campo até os frigoríficos. As lesões de carcaça nos bovinos, nesse contexto, representam um prejuízo significativo para as fazendas.

Da porteira das propriedades para dentro, o manejo inadequado é um dos fatores mais corriqueiros que acarretam o descarte de carne. Estresse e abcessos, por exemplo, são duas consequências de técnicas e práticas que não levam em conta o bem-estar animal, comprometendo a qualidade da carcaça que chega aos frigoríficos.

Conter os bovinos individualmente é um importante elemento que contribui para reduzir a ocorrência de acidentes no manejo. Aliar este tipo de contenção à operação adequada do equipamento e a práticas que não estressem os animais permite que os pecuaristas tenham os prejuízos reduzidos durante esta etapa da atividade pecuária.

Outro investimento que traz retorno positivo para as fazendas é o treinamento da equipe envolvida na operação dos equipamentos de contenção e nos manejos. No caso da vacinação, por exemplo, o conhecimento do local correto de aplicação da vacina evita o surgimento de abcessos na carcaça do animal. Consequentemente, os frigoríficos conseguem aproveitar uma quantidade maior de carne vinda das propriedades rurais.

De acordo com a Associação Brasileira das Indústrias Exportadoras de Carne (Abiec), o produto interno bruto da pecuária de corte superou R$ 913 bilhões em 2021. Este valor dá uma dimensão da importância da qualidade da carne para o seu comércio. Por isso, reduzir o desperdício por lesões nas fazendas (e por demais razões na cadeia como um todo) é sinônimo de investimento no avanço da atividade pecuária.

Utilizamos cookies para otimizar e aprimorar sua navegação no site. Todos os cookies, exceto os essenciais, necessitam de seu consentimento para serem executados.
Saiba mais em nossa Política de privacidade.